top of page

Um bolso para liberdade

Uma história sobre o surgimento dos bolsos nas roupas femininas.

As roupas femininas nem sempre tiveram bolsos. Houve um tempo, inclusive, que era “normal” que as mulheres não precisassem disso. Afinal, para que uma mulher teria vestidos e saias com bolsos se ela não precisava carregar dinheiro nem outros materiais, pois não trabalhava e era sustentada pelo marido?


Para carregar alguma coisa, mulheres usavam um pequeno saquinho amarrado a uma corda e preso à cintura, sob várias e várias camadas de tecidos de seus vestidos. Para tirar algo de lá era preciso ficar praticamente nua.


Nos anos 1700, as saias ganharam fendas, que facilitaram o acesso a esses bolsos pendurados sob os vestidos, e então as “pochetes” minúsculas ficaram mais elaboradas, bonitas e enfeitadas.


Já nos anos 1800, os vestidos começaram a ter menos saias e tecidos, ficaram mais discretos, e as pequenas bolsas começaram a ser carregadas na mão, ao invés de escondidas e presas à cintura. Bolsas grandes não eram bem-vistas, pois simbolizavam uma mulher trabalhadora, que não podia ficar em casa costurando lenços, bebendo chás ou algo do tipo.


No fim dos anos 1800, as mulheres começaram a se manifestar, queriam ser independentes e as saias e vestidos começam a ter bolsos. Nos anos 1900 começaram a usar calças e garantir o direito desse acessório utilitário com mais força ainda.


E hoje é isso que continuamos querendo, não é mesmo? Jeans com bolsos amplos e de verdade. Nada de bolsos falsos ou pequenos. Nós precisamos deles! ❤🤩


Gostou de saber que os bolsos são praticamente um símbolo de liberdade para as mulheres?

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page